sexta-feira, 24 de julho de 2015

A maturidade na palma da mão


"Existe um quadro de Caravaggio, feito no final da vida. Davi com a cabeça de Golias. Nele, o jovem guerreiro, com o braço bem esticado, segura a cabeça do gigante Golias, velha e destroçada. Mas não é essa a verdadeira tristeza no quadro. Presume-se que o rosto de Davi seja um retrato de Caravaggio quando jovem e a cabeça do Golias, o seu retrato na época em que pintou o quadro, um velho. O jovem julgando a idade na ponta de seu braço estendido. O julgamento da própria mortalidade."

Depois de ler esse trecho e olhar para a pintura passei a me perguntar: Como o Wolney de vinte anos atrás contemplaria o Wolney de agora? Que tipo de Golias eu me tornei?

Trecho do livro "O Paciente Inglês" de Michael Ondaatje
Pintura de Caravaggio

Nenhum comentário: