segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Adiamentos


Comprei esse moleskine em 2008. Prometi a mim mesmo que só iria escrever nestas páginas numa ocasião especial.

O caderninho estava guardado. Minto! Estava perdido mesmo. Escondido, à espera de eventuais ocasiões especiais.

E agora está em cima da estante, ainda por abrir. Ele, à minha espera e eu à espera não sei de quê. Um objeto mitificado e um sujeito que gosta de adiamentos e fantasias.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

A sós


Depois de me servir o suco, a senhora do café veio me informar que tinha ali "umas revistas de fofoca" se eu quisesse me distrair. Recusei. A mim, que tinha um livro na mochila e até mesmo um smartphone, não parecia ser dado o direito de escolher passar o tempo sozinho a olhar pela janela observando o próprio tempo.

Um excêntrico, dirão, mas a verdade é que fui me cercar de pessoas no desejo de ficar um pouquinho comigo mesmo.

Imagem de Edward Hopper

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

A Vida Passa

O tempo de espera era bem pouco, mas foi suficiente para ver a vida passar.


Foto: Wolney Fernandes